Paz enfim

Imagem

 

  Sabe quando você tem uma novidade boa, mas que é boa só para você? Então está sendo assim para mim, desde que descobri a paz que a gente sente quando somos nós mesmos. 

As pessoas mais próximas de mim sabem o quanto eu me preocupava com isso, eu buscava em cada canto, em cada palavra, em cada teste na internet, em cada conversa descobrir quem eu era, eu queria uma definição e essa busca estava me deixando bem cansada.

O incrível foi que quando eu descansei e parei de procurar eu me dei conta que eu já era mesmo, eu mesma, só que eu perdia tempo procurando algo que estava sempre aqui. 

É maravilhoso se sentir assim sabe, livre para ser o que a gente é, independente do que isso tudo signifique

Não vou mentir, não sou perfeita, eu erro bastante, faço julgamentos precipitados, amo coisas fotas, odeio que me tratem como criança e principalmente me subestimem. Mas quer saber?

Sou isso mesmo, ou isso tudo ou muito mais. Tenho erros, acertos, bobeiras e besteiras. Mas estou em busca de sempre melhorar. Eu quero na minha vida que queira ficar independente disso tudo e mesmo que isso signifique algo que você não aceita 

Venha você é bem vindo, a menos que você queira mudar quem eu sou para eu me adequar a quem você, daí eu vou te dizer para você não fazer isso para ninguém, as pessoas maravilhosas que conheço não são perfeitas mas são perfeitamente maravilhosas do jeito delas. E essas meu bem, quero sempre comigo. 

Eu cansei sabe, ficar procurando, ficar achando , pensando. Eu quero curtir essa paz, não quero entrar em conversa chata, nem em brigas, nem em desentendimentos a não ser que seja algo para crescer, mas o que estou vendo é que a maioria não é. 

E te digo, não perca tempo com isso não, se olhe no espelho e se ame, oi clichê, mas enfim é isso mesmo, eu sempre ouvia isso e falava não é possível que seja só isso, meu bem é só isso, e depois disso as coisas vão de ajeitando. 

Queira perto de você pessoas que te amem assim porque se você precisar mudar para elas te amarem, não vale a pena mesmo.

Anúncios

não era mais eu, agora é

Não era nada a mais que se esperar que minha vida não fosse um conto de fadas. Daqueles assistimos quando crianças e quando crescemos insistimos que isso realmente um dia ia acontecer de verdade. Que depois de um dia de restrição calórica eu fosse perder aquilo que conquistei em anos. Mas não é fácil quando o seu parâmetro muda a cada minuto. Quando somos bombardeadas com nossos defeitos e eu digo nós, mulheres em geral. O sexo frágil que não tem nada de fraqueza, do que ouvir a cada dia quando engordamos e que não temos o cabelo perfeito e nem a roupa que entrou na moda e nós que isso não nós importava até uns anos atrás mas que tem sido hoje um pensamento recorrente. A cada dia o espelho tem sido nosso inimigo, tem sido nosso medo. Olhar no espelho às vezes só para encarar o rosto, cansado de não saber onde mais para olhar, porque mesmo aquele sorriso que você achava lindo, não é beleza para ninguém. Encontramos sempre as mesmas pessoas, os mesmos círculos, círculos esses viciados em te dizer que você precisa acordar e mudar porque senão ninguém vai fazer nada para você. Eu quero não me sentir vítima da vida e nem da sociedade. Mas as vezes fica difícil simplesmente ignorar os olhares reprovadores das pessoas que acham que sabe tudo sobre a nossa vida, as brincadeiras, os comentários “construtivos”. Ontem tínhamos um espelho que era nosso aliado que mandava nada além de nós mesmas. Hoje temos um espelho distorcido, que muda de acordo com a tendência do momento. Eu quero de volta meu espelho onde eu conseguia enxergar a verdade e que eu mesma podia dizer qual era o problema, não simplesmente jogada na próxima dieta e nem na frente de uma academia ou mais uma química nova para o meu cabelo (que até outro dia era umas das coisas que eu mais gostava em mim). Estou jogando o outro espelho fora, porque se eu mesma não souber quando tá ruim ou tá bom não sei para que serve ser eu .