Wild heart

Image(foto : Bia Azevedo #sister)

Ontem eu entendia menos que hoje e amanhã entenderei mais que hoje. Eu sempre fui intensa em tudo, em relacionamentos, em pensamentos, em coisas,em objetos e por ser assim, intensamente machucada. Eu penso demais, valorizo demais e chega uma hora que fica extremamente cansativo tudo isso. Não estou escrevendo esse texto para dizer que a partir de hoje não pensarei demais porque é justamente sobre isso que vou dizer. No dia que você realmente se olha no espelho começa a perceber que muitas vezes temos que nos dar o devido crédito e pensar por nós mesmas. Me questionei meus gostos, minhas atitudes, minhas crenças e tudo isso para achar o melhor de mim. Entendi que várias vezes eu fui desacreditada pelas pessoas e me sentia extremamente mal por isso mas justamente por não entender quem eu era. Não, eu não sei de mim por completo e percebo que nunca chegarei ao êxito dessa procura. Mas sempre posso ser melhor que ontem e pior que amanhã. Ainda me incomodam meus quilos a mais ou a minha não habilidade com concentração, minha ansiedade doida ou mesmo meu coração quebrado com críticas e ainda acredito em quase todos os elogios. Mas quer saber isso faz tanta parte de mim. E estou feliz. Porque agora tenho sede de viver minhas experiências eu joguei sim uma grande quantidade do medo para fora e ainda vou jogar mais. Só o necessário fica. O que me sufoca está com data marcada para partir. Eu preciso disso e talvez você também. Ou talvez não , talvez isso seja óbvio para você, para mim não era. Mas estou tão feliz que finalmente eu tenha entendido algumas coisas e até breve.

 

Anúncios

o ontem aprendizado, hoje a paz

Eu precisava sair, tem muita gente que não precisa mas não foi o meu caso. Precisei sair da minha zona de conforto para poder ver as coisas diferentes. Não estou perto do êxito e de que não tenho mais nada para aprender até porque ninguém está. Estamos sempre em constante aprendizado. Apesar de ninguém se encontrar pronto, está melhor que ontem. E é isso que me vejo hoje, melhor que ontem. Melhor sem tantas neuras, um pouco menos ansiosa. E a esperança sempre aqui de que o que aprendi ontem   vai me dar paz  hoje. Ainda digo besteiras, tenho medos idiotas e comparações grosseiras mas acima de tudo aceitar que sou assim está me fazendo um bem danado. Estou tomando nota das coisas que preciso entender e deixando os pensamentos negativos para depois. Estou dizendo palavras soltas como se fosse matar minha dor e quer saber as vezes dá certo. Desabafar é super importante. Só que temos que cuidar com quem fazemos isso. Valorizar as amizades e quem sabe encontrar o amor. E não deixar de acreditar nos sonhos. Fazer projetos , se dedicar ao que ama. Dizer bom dia. E não responder a uma ofensa. Ser feliz todo dia, com você mesma. Aceitar as minhas curvas e o meu destino. Enfim a cada passo dado agradecer pela oportunidade de aprender cada vez mais