O pesar de só pensar

                Parei e fui escutar o que os outros estavam dizendo, era algo sobre política. Bem, detesto quando chegamos a esse assunto porque claramente sairá briga, tanto quanto outro assunto polêmico como futebol ou religião, dos quais eu fujo também. Coloquei o fone de ouvido e pus a música no último volume, eu não estava com vontade de lidar com aquilo tudo agora. Eu sabia que precisava lidar, já que política se discute sim, mas como eu não quero me delongar na conversa, desconverso e entro no meu mundo particular, do qual eu amo. Fico horas pensando e pensando. E entrando na brincadeira se tem uma coisa que eu faço, essa coisa é pensar.

                Sobre isso, sempre foi assim, até mesmo quando fiz um trabalho no ano passado, o professor pediu que desenhássemos o nosso “lar”, mas que não podia ser obviamente uma casa, ele queria mais, ele queria que fossemos a fundo e bem, eu fui. Desenhei um “mix” de cores para representar os meus pensamentos, já que é onde eu passei e passo a maior parte do tempo. Não é tão divertido quanto parece, por além de pensamentos me alimento de paranoias, crises e outras coisas relacionadas a isso.

                Mas a vida meu bem, é uma caixa de surpresas, quando você se vê em um dia olhando para trás e percebendo que você tem um “borrão” nas lembranças. Sabe quando você está em uma roda de conversa e todos contam algo da infância e as pessoas sempre tem algo a contar, eu raramente tenho, porque tudo ou pelo menos a maioria das coisas que vivi só eu sei, foram vividas no meu pensamento.

                Depois de quase vinte e cinco anos( sim meu aniversário está bem próximo), eu percebi que viver nos pensamentos por mais que seja atrativo, não é a melhor opção, apesar que largar eu não posso mesmo. Mas a paranoia ela cresce e praticamente tem filhos, quando você pensa demais. E é uma confusão sem fim. A mente não para mas a vida ela passa.

                A vida também tem uma característica bem peculiar que é de dar voltas, E como deu mas eu me encontro aqui com a mesma essência de anos atrás, porque aqui dentro pouca coisa mudou. Parece que os anos se passaram mas eu não passei eu fiquei por aqui nos meus pensamentos, desejando que os meus pensamentos se tornassem realidade,mas sem agir. Tudo mudou, as pessoas cresceram, formaram, casaram e eu aqui ainda sendo praticamente uma criança, entrando no mundo irreal e esquecendo de sair.

               Por mais que a vida tenha passado e eu observo hoje que eu poderia ter participado ativamente da vida, vejo uma vantagem em tudo isso, analisei tudo da minha vida aqui dentro dessa cabecinha e daqui eu não perdi nada. Vivi os momentos conversando comigo mesma, escutando uma boa música. Tive explosões de criatividade e de sentimentos que só eu vi. Privilégio esse que tenho até hoje.

               Enfim, poderia ficar horas falando do “E se?” mas ele não existe, ele está no passado junto com os meus pensamentos e lembranças. Não volta, não adianta, por mais que eu queira. Daquele que sofre dessa mente sem botão de desligar me entende e sabe o quanto é complicado parar com tudo. Não existe uma tecla de desligar, eu estou conseguindo aos poucos controlar as paranoias e viver mais em paz. E por mais que eu quisesse mudar é algo meu, particular e faz com certeza ser o que eu sou.

               Escuto o meu nome e tiro um dos fones de ouvido e pergunto o que foi, é que eu não tinha percebido mas eles já estavam indo embora, do tempo que fiquei divagando eles falaram de Deodoro da Fonseca à Dilma Rousseff Me levantei e acompanhei até que chegasse ao meu destino me despeço e digo um até logo e começo a perceber a minha curiosidade súbita de saber o que eles conversaram, eu perdi mais um momento, Ai não, tudo começou outra vez…

Anúncios

Obrigada pelo comentário ♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s