Sobre a metade de uma vida Parte II

Um dia sonhamos que esperaríamos o príncipe encantado, nunca foi assim com a Lu, ela sempre quis ser livre de qualquer tradição. O tal príncipe para ela era um truta como ela dizia que conseguia fazer ela ficar horas conversando. Ela nunca ligou muito para sair e ir para festas até porque quando a mãe dizia que ia levá-la em alguma festa ela já dizia para dar o dinheiro para comprar um livro e ficava a madrugada inteira lendo. Ela sempre foi diferente das meninas da idade dela e por isso ela nunca deu certo com elas. Os meninos que ganhavam, porque sempre ela tinha muitos amigos e que amava muito. E quando ela decidiu que ia de vez para o sul todos os amigos disseram que ela tinha mesmo que ir. Mas que eles iam levá-la para lá e claro que  ela fez o maior chilique e disse que não precisava de babá. Ela sendo ela sempre. Depois de uns dias chegou ao destino, com a mala cheia de sonhos e medos também. Não sabia o que à esperava. Só sabia que precisava fazer. Em uma manhã fria ela foi procurar emprego porque por mais que tivesse algum dinheiro não ia dar para muito tempo. Achou logo perto de onde ela estava hospedada um restaurante que precisava de um ajudante de cozinha. Ela nunca tinha trabalhado nisso, mas amava cozinhar. Pediu um emprego e conseguiu e em um piscar de olhos seu futuro já mudava. – Oi meu nome é Leo e o seu ? O meu é lu. 

Continua…

Anúncios

Obrigada pelo comentário ♥

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s